26/06/2020
Grama batatais: conheça as principais vantagens e descubra como escolher!

Também chamada de Grama Matogrosso, a Grama Batatais é uma espécime das gramíneas de folhas longas e aspecto bastante volumoso, com cor predominantemente verde clara. Sua primeira ocorrência se deu em meados do século XIX na região dos Açores, em Portugal.

A reprodução dessa espécie se dá por meio da aplicação de sementes e pode desenvolver perfeitamente sob condições adversas como a incidência direta dos raios solares ou em regiões com pouca umidade. Por outro lado, é comum que sua utilização em áreas cobertas por sombra comprometam o crescimento da planta.

Continue a leitura para entender mais sobre este assunto!

Qual a aplicação ideal da Grama Batatais?

De modo geral, as raízes dessa grama são muito densas, chegando a atingir uma profundidade significativa. Por conta disso, ela pode sobreviver e crescer de maneira saudável mesmo em solos pobres em nutrientes ou até mesmo que enfrentam problemas de erosão.

Em se tratando de uma espécie extremamente resistente ao sol, a aplicação de suas sementes normalmente é feita durante a primavera, já que esse é o cenário ideal para o seu crescimento adequado durante o verão. De outro modo, o processo produtivo pode significar um custo elevado, considerando o trabalho pesado no plantio.

Além disso, a Grama Batatais pode ser empregada em lugares com grande movimentação de animais, como pastagens, por exemplo. O trânsito de pessoas também é adequado a esta espécie, sendo inclusive encontrada facilmente em locais públicos como praças e parques. Ademais, por conta do baixo custo, essa espécie é ideal para fazer a contenção de taludes e barrancos.

Como funciona o processo de plantio?

O primeiro passo para fertilizar as sementes é preparar o solo. Nesse sentido, vale destacar que o histórico de doenças e infestações de pragas é um sinal de que o terreno precisa ser desinfetado por herbicidas adequados ao tipo de epidemia (insetos, plantas daninhas, etc). Além disso, será preciso limpar a área, retirando qualquer objeto que possa comprometer o gramado.

Em seguida, a superfície deve ser nivelada e plana, de modo a eliminar qualquer irregularidade na formação de pastagem, campo ou jardim. Uma boa dica é compactar o terreno sempre que possível. Isso porque, deixar a terra frouxa pode tornar o processo de germinação mais lento.

Quais são suas vantagens e desvantagens?

É comum que muitas pessoas tenham dúvidas sobre utilizar ou não essa grama, especialmente quanto aos seus benefícios — visto que algumas espécies podem dar mais trabalho que as outras. Em via de regra, todo plantio merece atenção especial durante o processo de plantio, entretanto, a Grama Batatais é extremamente acessível e exige pouco cuidado com a sua manutenção.

Por se tratar de uma gramínea de folhas coberta por pelos alongados que podem alcançar entre 15 e 30 cm de altura, para conquistar um visual mais agradável é indicado que a poda seja feita periodicamente, de modo que as folhas não ultrapassam 3 cm. Como já dito, sua resistência ao pisoteio, à seca, pragas e doenças configuram outras importantes vantagens.

Quando comparada a outras variedades de grama, ela apresenta um crescimento rápido e de boa adaptação a solos pouco férteis. Por outro lado, lugares muito frios ou com sombra não são indicados para receber essa semente. 

Ademais, essa espécie se mostra mais suscetível a ocorrência de plantas daninhas durante a fase de aderência ao solo na época de pegamento. Em função do menor intervalo de corte, seu crescimento contínuo pode ser comprometido e a forma de extração proporciona um crescimento pouco uniforme, podendo não alcançar um fechamento completo.

Como escolher a melhor semente?

Quando vamos comprar um produto é natural levar em consideração o aspecto visual para definir o que levar. Entretanto, no caso das sementes da grama batatais não é possível avaliá-las antes de pagar. Por isso, é muito importante contar com parceiros e empresas que ofereçam produtos de qualidade e de origem conhecida.

Nesse sentido, alguns cuidados podem ser tomados, a fim de evitar futuras dores de cabeça. Para tanto, é preciso investigar se o produtor está de fato legalizado e tem o seu registro ativo nos órgãos de proteção ambiental, como o RENASEM (Registro Nacional de Sementes e Mudas).

Concluindo, entender a procedência das sementes é um passo fundamental para garantir a qualidade da grama. Vale destacar que nem sempre preços mais acessíveis são sinônimos de excelência. Além disso, um produto de baixa qualidade pode impactar no rendimento do plantio, gerar folhas inadequadas e contaminar o solo com diversos tipos de pragas.

Em se tratando de sementes, é fundamental estar atento, afinal, pode haver uma variação muito grande. Por isso, conte com quem entende do assunto. Entre em contato conosco e confira nosso portfólio de produtos.